RSS

Arquivo da categoria: CASOS REAIS

Entrevista com casal que matava, esquartejava e comia suas vítimas

A TV Jornal Caruaru, filiada SBT, conseguiu com exclusividade uma entrevista com o casal Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, 50 anos, e Isabel Cristina Pires, 50. O casal é acusado de matar, esquartejar, comer e enterrar os corpos no quintal da própria casa no Jardim Petrópolis, em Garanhuns, Agreste Meridional de Pernambuco.
http://www.youtube-nocookie.com/v/gXVVwBuyrRA?version=3&hl=pt_BR&rel=0

http://www.youtube-nocookie.com/v/p3Qf40bVD1c?version=3&hl=pt_BR&rel=0
http://www.youtube-nocookie.com/v/WjB-AGydmjU?version=3&hl=pt_BR&rel=0

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de abril de 2012 em CASOS REAIS

 

FLAGRANTE DE ABUSO SENSUAL EM FORTALEZA

DIZ QUE NÃO DÁ VONTADE DE MATAR UM VELHO DESSE….
Um inquérito policial será aberto para investigar o flagrante de abuso sexual cometido contra uma criança em plena luz do dia, na Praça do Ferreira, em Fortaleza. As fortes cenas de um idoso abusando sexualmente de uma menina que não parece ter mais que 12 anos de idade, exibidas nesta segunda-feira (22), noPrograma Barra Pesada, causaram indignação.

http://www.youtube-nocookie.com/v/d40aXc6fLnQ?version=3&hl=pt_BR&rel=0

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de abril de 2012 em CASOS REAIS

 

TATUAGEM EM BEBES .

Elas são uma febre em vários países e chegam a ser um estilo assumido por milhares em todo o mundo. A tatuagem hoje é considerada para muitos uma arte de esculpir a obra no próprio corpo como se este fosse uma tela branca a ser preenchida.

O que não se imagina é até onde chega a criatividade de artistas plásticos que chegam a imaginar como seria tatuar o corpo de bebês com logomarcas, símbolos e desenhos surreais para a pele de crianças tão indefesas.

Bebês com tattos: tatuagens em crianças
Para materializar esse intento, mostramos abaixo o trabalho do australiano Dietrich Wegner que realizou uma exposição em 2009, intitulada Cumulous Brand, cobrindo bebês reais com tattos falsas.

A idéia era causar impacto e talvez mostrar que mal nascemos já estamos pré-destinados a incorporação de marcas de multinacionais e produtos, no verdadeiro universo capitalista.

No sentido de vocês visualizarem um pouco da produção de Dietrich, colocamos algumas imagens abaixo. Só lembrando que as tatuagens são falsas, trata-se apenas de montagens nas crianças.

Reparem que muitas das tattos são logomarcas de grandes companhias, como Coca-Cola, McDonalds, Honda, Google, dentre outras logos. Reparem que na pele dessas crianças não cabe mais nada, como se tivessem vestido roupas de tatuagem inscritas na pele. Bem louco, não é?

Homem é preso ao tatuar criança
Só para ressaltar que tatuagem em menores de idade pode dar cadeia. Foi o que aconteceu com rapaz de nome parecido ao artista acima. Lee Dietrich foi capturado pela polícia norte-americana depois de tatuar uma letra no corpo de uma criança. Que isso sirva de exemplo para que este post não seja inspiração para a ilegalidade, já que não é nem nunca foi nossa intenção

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de abril de 2012 em CASOS REAIS

 

Homem teve o pé amputado e levou pra casa.

Donald machucou o tornozelo direito em um acidente de trabalho, os médicos foram obrigados a colocar vários pinos para fixá-lo. Porém, algum tempo depois ele começou a sentir fortíssimas dores e os médicos tiveram que amputar seu pé na altura do tornozelo para salvar o restante da perna.
Donald, não sei porque, pediu autorização ao médico para que pudesse levar seu pé para casa. O médico autorizou e desde então ele mantém seu pé no congelador, quase como um “jogos mortais” da vida real.
Veja abaixo os 3 vídeos que ele fez mostrando seu pé, depois de cortado. Se você for fraco não veja

http://www.youtube-nocookie.com/v/HYyWBKs_02k?version=3&hl=pt_BR&rel=0

http://www.youtube-nocookie.com/v/f_g6wG9YcdU?version=3&hl=pt_BR&rel=0
http://www.youtube-nocookie.com/v/s_4U5kLk648?version=3&hl=pt_BR&rel=0

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de abril de 2012 em CASOS REAIS

 

Você já ouviu falar da Doença do Lenhador?

Melissa Davey é uma enfermeira voluntária em regiões da África tomadas pela pobreza e esquecimento, onde presencia histórias tristes e de superação e depois compartilha suas experiências em seu blog de nome muito sugestivo, o Beleza & Melancolia. Em uma destas oportunidades ela conheceu Sallu: “Ele calmamente entrou na tenda de admissão com o cuidado de manter o rosto coberto por um pano como se não quisesse ser visto…”.

Melissa tinha razão, Sallu não queria mesmo mostrar seu rosto. O rapaz tinha feito uma longa caminhada pela floresta até chegar ao portão principal do posto médico onde os médicos atendiam. Esperou paciente e persistentemente até ser guiado pela equipe de triagem.

– “Ele se Sentou na cadeira logo atrás de mim. Eu disse bom dia e ele acenou com a cabeça em cumprimento e rapidamente se virou. Às vezes é difícil saber como uma pessoa se sente até que saibamos realmente qual é o seu problema”, conta Melissa.

Tão logo um dos médicos, Dr. Ken, começou a examinar Sallu, pediu que retirasse o pano, todos não puderam evitar olhá-lo. Ele cautelosamente descobriu o rosto para revelar tumores grandes e múltiplos que deixavam sua pele toda inchada, cinco vezes mais que seus ossos faciais. Em princípio se entreolharam e não sabiam do que se tratava. Talvez neurofibroma. Mas alguém lembrou que a neurofibroma é normalmente assimétrica, no entanto os tumores no rosto de Sallu eram bem simétricos.

Decidiram então chamar o Dr. Gary, um cirurgião com 25 anos de experiência na África Ocidental. Dois segundos foram o bastante para que ele diagnosticasse a doença:

– “Isso é um fungo, é uma patologia conhecido como Doença dos Lenhadores”. Durante os último quatro anos Sallu havia respirado um tipo fungo suficiente para desenvolver esta infecção em seu rosto. Tudo por causa de um árduo dia de trabalho como cortador de lenha, algo que em realidade nem mais existe no mundo moderno.

O tratamento para a Doença dos Lenhadores (Conidiobolus Coronatus é um processo lento que exige o uso de medicamentos antifúngicos por pelo menos 2 anos, necessários para o inchaço facial e tumores cederem. Sallu deverá voltar ao posto médico a cada mês para tomar a medicação e para determinar se os tumores estão encolhendo.

Neste outro post de seu blog, é possível notar que Sallu está bem menos inchado. Tomara que dê tudo certo!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de abril de 2012 em CASOS REAIS

 

Garota descobre que namorado e ex eram a mesma pessoa: a amiga dela

Quando Jessica Sayers terminou com o namorado Luke, depois que ele tentou apalpá-la, logo se apaixonou pelo tímido Connor. Ela só não sabia que Luke e Connor eram a mesma pessoa, Gemma Barker – uma amiga dela.
Gemma foi presa há dois dias, condenada a dois anos e meio, por fraude e violência sexual. Ela vivia seis identidades diferentes, além da original.  SEEEEEEEEEEEEEEEEEIS ?

 Nesta quarta-feira, Jessica, da cidade de Weybridge, na Inglaterra, resolveu falar sobre o relacionamento com a impostora, que era amiga dela.
 – Tudo em Luke e Connor era diferente. Era como se eles fossem pessoas diferentes até no beijo  Ninguém sabe o que é descobrir que a pessoa que você ama e quer passar o resto da sua vida não é real.

 A inglesa disse que Connor e Luke se vestiam e até falavam de maneiras distintas. Ela sequer desconfiou que os dois eram a mesma pessoa, muito menos que eram Gemma. Jessica só descobriu a farsa quando Connor adormeceu ao lado dela, depois de apalpá-la e beijá-la diversas vezes na cama.
Jessica desconfiou que quem estava dormindo ali era na verdade Aaron – outro personagem de Gemma que dizia ser irmão gêmeo de Connor. A jovem ficou enojada por ter dormido com o suposto irmão do namorado e chegou a tentar o suicídio.
Gemma estava caracterizada de Aaron quando foi presa. A polícia só teve certeza de que se tratava de uma garota quando revistaram Gemma, já na delegacia. E só depois da prisão Jessica descobriu a mentira que estava vivendo.

– Eu sei que as pessoas ficam se perguntando como eu não percebi que era ela. Mas Gemma foi muito inteligente, e eu ingênua – desabafou Jessica – Ela queria ser atriz e deveria ter levado o Oscar por isso – ironizou.
Jessica cresceu com Gemma. As duas estudavam na mesma escola, em turmas diferentes. Jessica estudava com com uma outra vítima de Gemma, que não pode ser identificada por ser menor de idade. Além de
Connor, Aaron e Luke, Gemma criou outros três personagens. Ela fez perfis falsos em redes sociais e a partir deles enviava mensagens para as vítimas.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de março de 2012 em CASOS REAIS

 

O curioso caso de Bertha.

Apresento a vocês o caso de Bertha, de 23 anos que ficou viciada em BEBER ESMALTE.
Ela gasta 76 dólares por semana para manter seu estranho vício. De fato, Bertha ingere ao dia vidrinhos e mais vidrinhos de esmalte, de todos os tipos e cores. Ela diz que ficou viciada de cara, quando sentiu, pela primeira vez o cheiro do esmalte num salão de beleza. Na mesma hora ela bebeu o vidrinho e desde então, não parou mais. O esmalte favorito dela é o que tem purpurina! Bertha bebe a cada semana mais de meio litro de esmalte. Estima-se que desde o inicio de sua obsessão, ela já tenha bebido mais de 136 litros de esmalte.
Agora vejam o vídeo:
 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2012 em CASOS REAIS