RSS

Garota descobre que namorado e ex eram a mesma pessoa: a amiga dela

27 mar

Quando Jessica Sayers terminou com o namorado Luke, depois que ele tentou apalpá-la, logo se apaixonou pelo tímido Connor. Ela só não sabia que Luke e Connor eram a mesma pessoa, Gemma Barker – uma amiga dela.
Gemma foi presa há dois dias, condenada a dois anos e meio, por fraude e violência sexual. Ela vivia seis identidades diferentes, além da original.  SEEEEEEEEEEEEEEEEEIS ?

 Nesta quarta-feira, Jessica, da cidade de Weybridge, na Inglaterra, resolveu falar sobre o relacionamento com a impostora, que era amiga dela.
 – Tudo em Luke e Connor era diferente. Era como se eles fossem pessoas diferentes até no beijo  Ninguém sabe o que é descobrir que a pessoa que você ama e quer passar o resto da sua vida não é real.

 A inglesa disse que Connor e Luke se vestiam e até falavam de maneiras distintas. Ela sequer desconfiou que os dois eram a mesma pessoa, muito menos que eram Gemma. Jessica só descobriu a farsa quando Connor adormeceu ao lado dela, depois de apalpá-la e beijá-la diversas vezes na cama.
Jessica desconfiou que quem estava dormindo ali era na verdade Aaron – outro personagem de Gemma que dizia ser irmão gêmeo de Connor. A jovem ficou enojada por ter dormido com o suposto irmão do namorado e chegou a tentar o suicídio.
Gemma estava caracterizada de Aaron quando foi presa. A polícia só teve certeza de que se tratava de uma garota quando revistaram Gemma, já na delegacia. E só depois da prisão Jessica descobriu a mentira que estava vivendo.

– Eu sei que as pessoas ficam se perguntando como eu não percebi que era ela. Mas Gemma foi muito inteligente, e eu ingênua – desabafou Jessica – Ela queria ser atriz e deveria ter levado o Oscar por isso – ironizou.
Jessica cresceu com Gemma. As duas estudavam na mesma escola, em turmas diferentes. Jessica estudava com com uma outra vítima de Gemma, que não pode ser identificada por ser menor de idade. Além de
Connor, Aaron e Luke, Gemma criou outros três personagens. Ela fez perfis falsos em redes sociais e a partir deles enviava mensagens para as vítimas.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de março de 2012 em CASOS REAIS

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: