RSS

10 incríveis relógios de sol

25 jan

10 incríveis relógios de sol

Relógios de sol já perderam a utilidade prática faz centenas de anos, mesmo assim eles continuam sendo preservados e outros são construídos, fazendo a alegria dos turistas, curiosos e entusiastas. Confira 10 dos mais famosos relógios solares:

10. Um relógio quase solar

Se não fosse pelo quase… O americano David Friedman criou o conceito de um relógio que apesar de funcionar como relógio de sol não depende de luz solar para mostrar as horas já que um anel de lâmpadas LEDs produz luz em três alturas diferentes, criando sombras para marcar as horas, minutos e segundos. O projeto recebeu o nome de Bulbdial, que em tradução livre significa algo como relógio de lâmpadas (Sundial é o termo em inglês para relógio de sol).

Relógio de lâmpadas ou Bulbdial

9. Um “relógio digital” de sol

O relógio de sol de Genk Park, na Bélgica, é diferente de todos os outros. Assim como qualquer relógio digital ele mostra a hora e os minutos, mas sem usar eletricidade, em vez disso ele utiliza um engenhoso sistema de fractal tridimensional para determinar o ângulo do Sol e criar os números com sombras.

Relógio digital de sol

8. O relógio solar mais austral do mundo

No ano de 2004 uma equipe de pesquisadores, a maioria deles sul-africanos, foi para a Antártica com o objetivo de instalar no continente o primeiro relógio de sol do Pólo Sul. A tarefa foi bem sucedida e instrumento já suportou ventos de 160 quilômetros por hora e temperaturas de – 38 ºC. No verão ele pode ser lido 24 horas por dia, já que o sol não se põe, mas no inverno ele se torna completamente inútil já que a “noite” dura vários meses.

Relógio solar no Pólo Sul

Foto: sundials.co.za

7. O relógio solar do lago Suwa

O lago Suwa é um lugar famoso no Japão, frequentado por pessoas em busca de tranquilidade. Nas margens do lago existem diversas atrações, incluindo um barco enorme em forma de cisne, alguns dos maiores gêiseres do país com jatos de até 50 metros de altura, locais para pesca e caminhadas, shows anuais com fogos de artifício e no inverno a superfície da água congela tornando-se um importante local para competições de patinação no gelo. Mas uma das atrações mais interessantes é um relógio de sol formado por duas grandes esculturas brilhantes de metal.

Sundial de Lake Suwa, no Japão

5. A Torre de Comunicações de Montjuïc

Idealizada pelo renomado arquiteto Santiago Calatrava ela ficou popularmente conhecida por Torre Calatrava. As obras tiveram início em 1989 e terminaram em 1992, a torre branca de 136 metros de altura foi construída para a empresa Telefónica transmitir a cobertura televisiva dos Jogos Olímpicos de Verão de 1992 em Barcelona. Ela está localizada no Parque Olímpico e seu formato representa um atleta segurando a chama olímpica. Após os jogos ela não tinha mais utilidade, então devido a orientação da torre ela passou a ser parte de um relógio de sol.

Torre de Comunicações de Montjuïc

6. Um telescópio solar que é relógio do sol

O Telescópio Solar McMath-Pierce, concluído em 1962 no Arizona, e um dos maiores do mundo destinado a pesquisa solar. O que nem todo mundo sabe é que ele também pode ser usado como relógio solar, isso graças ao projeto inovador de William F. Zabrinskie, um engenheiro civil de Detroit.

Telescópio Solar McMath-Pierce

4. A Ponte Relógio de Sol

A Ponte Relógio de Sol sobre o rio Sacramento, na Califórnia, foi projetada apenas para pedestres e ciclistas. Concluída em 2004 ao custo de 23,5 milhões de dólares, a ponte desenhada por Santiago Calatrava (o mesmo arquiteto do item anterior) também serve como relógio de sol. A torre de 66 metros aponta para o norte e lança sua sombra sobre um mostrador formado por uma série de esferas brancas com placas indicado a hora que cada uma representa. A sombra se move cerca de meio centímetro por segundo, de modo que pode ser acompanhada a olho nu.

Sundial Bridge

3. A hidrelétrica relógio de sol

A barragem da hidrelétrica de Castillon, na França, foi transformada em um gigantesco relógio de sol com uma área de 13 mil metros quadrados, quase o mesmo que dois campos de futebol. Inaugurado no dia 20 de junho de 2009, ele fez parte das comemorações do Ano Mundial da Astronomia. A sombra de uma colina, quando projetada na parede da barragem, indica as horas em linhas feitas com placas esmaltadas que foram fixadas por alpinistas. As linhas de cor laranja representam os horários da manhã e as linhas verdes os horários da tarde. A foto a seguir é parte de uma imagem em alta resolução que pode ser acessada aqui.

Barragem da represa de Castillon

2. Taipei 101, o mais alto relógio de sol do mundo

Até janeiro de 2010 o Taipei 101, em Taiwan, era o edifício mais alto do mundo antes da inauguração do Burj Khalifa, em Dubai. Os 101 andares do edifício são um simbolismo ao tempo e a perfeição, um novo século e ideais elevados melhores que 100 (100 +1 e 01 de janeiro = 01/01). Para conectar a torre ainda mais ao simbolismo do tempo a iluminação noturna varia conforme o dia da semana e durante o dia a sombra se projeta sobre um parque de formato circular que atua como a face de um relógio de sol para indicar horas da tarde para os ocupantes do arranha-céu.

Taipei 101 em Taiwan

1. O impressionante Jantar Mantar

O Jantar Mantar, também chamado de Yantra Mantra, é um local em Nova Delhi (Índia) onde existem 13 instrumentos astronômicos gigantes. As obras começaram em 1724 e levaram décadas para ficarem prontas, a maior parte dos monumentos servia para compilar tabelas astronômicas.

O Mishra Yantra era um relógio capaz de indicar o meio dia em várias cidades do mundo. O Samrat Yantra, ou Instrumento Supremo, é um triângulo com 70 metros de altura, 114 metros de comprimento e 10 metros de espessura, ele aponta para o Pólo Norte paralelamente ao eixo da Terra. Em ambos os lados do triângulo existem graduações que indicam as horas, minutos e segundos, além das coordenadas de vários corpos celestes.

Santa Yantra ou Jantar Mantal

Esses são apenas alguns exemplos de relógios de sol ao redor do mundo, mais do que indicar as horas, eles embelezam cidades, atraem turistas e impressionam nossos olhos, mas principalmente nos ajudam a lembrar de um passado quase esquecido, de uma época onde o próprio tempo era adorado.

E você tem um relógio de sol em sua cidade?

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de janeiro de 2011 em CURIOSIDADE

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: